Planos de emergência para enfrentar uma crise

Cinco dicas rápidas e fáceis para garantir que sua empresa atravesse com tranquilidade tempos caóticos.

Hoje, a economia está uma verdadeira montanha-russa devido ao Coronavírus e, por isso, é comum o sentimento de medo e incerteza entre empreendedores. No entanto, uma crise financeira pode acontecer a qualquer momento e é preciso estar preparado. 

Ao gerenciar questões econômicas, é fundamental dar atenção aos dados e na construção de resiliência emocional para que nenhuma decisão seja tomada irracionalmente e da qual nos arrependamos mais tarde.

Todo o mundo será impactado eventualmente por alguma crise e o nível do impacto dependerá se você possui um plano de ação. Aqueles que tomarem medidas imediatas conseguirão se reinventar rapidamente para lidar e aproveitar os tempos de mudança, também são essas pessoas que se beneficiarão quando a economia se recuperar novamente.

Aqui estão algumas dicas para se planejar agora e para o futuro.

1. Avalie as possibilidades de marketing

 Faça uma revisão básica dessas informações:

  • Quantos clientes você possui. 
  • Desses, quantos clientes estão na sua lista do WhatsApp/Instagram – assegure-se que tem capacidade de se comunicar com todos eles.
  • Existem clientes podem estar necessitando dos seus serviços novamente? – envie uma oferta a esses clientes para mantê-los fiéis.
  • O que você está comunicando a esses clientes na crise – é importante tranquilizá-los nesse momento mantendo-nos informados e deixar um canal de comunicação aberto para eles. 
  • Como estão seus números nas redes sociais e quais são os canais que mais trazem engajamento e retorno – concentre seus esforços de comunicação nesses canais e motive seus clientes a interagirem com a sua marca

Com esses dados, você pode ter um amplo conhecimento de seus clientes, aprenderá a identificá-los e diferenciá-los para interagir e se comunicar corretamente com eles e, assim, alcançar novas vendas ou atrair novos clientes.

É mais importante do que nunca que você fique em contato com seus clientes e sua lista do WhatsApp. O silêncio na comunicação apenas gera suposições negativas sobre como você está lidando com a situação além de levar ao esquecimento de sua marca.

2. Cuide da saúde financeira

Ter as finanças pessoais e da empresa em ordem ajudará a reduzir o estresse diário e também servirá como base para gerenciar o capital da sua empresa e, assim, alcançar uma melhor estabilidade financeira.

Um bom começo é colocar na agenda revisões periódicas das finanças, fazendo disso um hábito. Estabeleça um orçamento: faça uma lista das despesas e datas de pagamento, enumere essas despesas por ordem de prioridade e elimine o que for supérfluo ou não for necessário no momento. 

Crie um plano de poupança: estabeleça um valor, mesmo que baixo, para poupar periodicamente e reserve essa poupança apenas para emergências. Defina metas pequenas de curto prazo e metas maiores de longo prazo: é muito mais fácil se comprometer a algo simples e rápido do que muito complexo e sem previsão. 

Como última opção converse com um consultor financeiro sobre como obter um empréstimo. Empréstimos com juros baixos podem ajudar pequenas empresas a superar crises.

3. Inove

Grandes idéias surgem em momentos difíceis, e você deve pensar rápido e reinventar seu negócio para se adaptar às demandas em constante mudança das pessoas. 

Isso pode significar oferecer seus serviços de outras maneiras; Pense em  outras plataformas, ativação de parceiros, criação de grupos, fidelização de clientes, novos serviços ou busca de novos clientes.

4. Elimine gatilhos que roubam seu foco e energia

Energia e foco se tornarão o recurso mais valioso que você terá em tempos de crise.

Estudos mostram que ter hábitos  saudáveis ​​pode afetar positivamente sua saúde física e emocional. É por isso que manter uma alimentação saudável, fazer exercícios e dormir bem são cruciais para a saúde mental.

Lembre-se que cuidar da sua saúde vai além da comida, também é importante  tomar cuidado com o tipo de informação que nosso cérebro consome. 

Mantenha-se informado sobre as últimas notícias mas estabeleça um limite, altos níveis de informação e notícias negativas só geram mais estresse. Um estudo da Wharton University mostra que o estresse gera o aumento de hormônios como o cortisol que afetam a velocidade da tomada de decisão. Utilize seu tempo para se capacitar, aprender coisas novas, relaxar… Estimule seu cérebro positivamente e você notará uma mudança no humor e de perspectiva.

Também não deixe de conferir a saúde do seu negócio; Fazer um balanço de seu negócio a cada três meses é saudável, mesmo nos  melhores momentos econômicos, e sua prontidão será recompensada no final.

5. Construa resiliência emocional

Esta é possivelmente a dica mais importante. Análise e, se necessário, reveja seus objetivos. Prepare-se para o pior cenário e tente imaginar situações diferentes. Pode ser que você tenha que trabalhar duas vezes mais para obter os mesmos resultados, mas acredite: esse esforço será recompensado.

Concentre-se regularmente em suas metas, revise os planos e note os pequenos ganhos. Neste momento, pensamento positivo, é fundamental. Desta maneira, você estará nutrindo e fortalecendo neurônios que ajudam a emitir e gerar neurotransmissores saudáveis para o cérebro, como dopamina e serotonina. Quanto mais você fizer isso, mais feliz será o seu cérebro.


About Gabriela

...

Entries by Gabriela